Conteúdo para criar conexão

Quantos sites, você visitou hoje? Quantas vezes acessou a página deste jornal, durante a semana? Quantas páginas de Facebook e Instagram viu durante este mês? Acredite, foram muitas. Em todas elas consumiu “conteúdo”.

 Estamos cada dia mais consumindo conteúdos, essa é uma área em ascensão e sendo utilizada em todas as áreas: na publicidade, na política, na assistência social, na medicina, em tudo.

A demanda por conteúdo tem crescido, exponencialmente, em todos os segmentos, a pandemia ajudou muito isso, devido ao fato de as pessoas não poderem sair de casa e ficarem procurando assuntos e temas de seus interesses.

Seu negócio pode falar muito ao seu cliente, afinal, você conhece seu público e sabe o que ele precisa e as suas necessidades e as perguntas que, normalmente, faz.

Então, se você consome, muitos outros também consumem, comece a compartilhar seus conhecimentos com outros, isso além de ajudar, como uma boa ação, as pessoas, ainda, alavanca seus negócios, tornando sua empresa em referência, em determinados temas. Se não tiver tempo, pode contratar alguém para fazer, mas tenha essa visão que é uma oportunidade de negócio.

Se resolver compartilhar, um detalhe importante é descobrir a linguagem ideal para se comunicar com o público-alvo, ou seja, a forma como esse público vai entender o que sua empresa diz. Caso, possua um negócio de materiais de construção e tenha muitos itens para oferecer, comece escolhendo um item e descreva-o, sempre pensando em resolver possíveis problemas, e se for apresentar canos para um encanador, uso os termos que ele conheça, não mencione apenas os termos técnicos, explique na língua do dia a dia, nos chavões e gírias que ele conhece.

Em seu texto, tente sempre se colocar no lugar de quem vai ler, faça comentários leves e bem explicativos, facilitando o entendimento. Deixe perguntas no final do texto ou até uma forma de contato para receber questões sobre seu texto, isso vai criar uma conexão e os resultados serão muito bons. Seja humano.

Pensei nisso e boa semana!

Compartilhe!