Mogi Mirim, carece de um cuidado!

Tenho andado pelas cidades da nossa redondeza e algumas particularidades sempre chamam a minha atenção e, atualmente, o que mais se destaca aos meus olhos é a limpeza, não sei se pelo advento da Covid-19, os pontos mais limpos ou mais sujos se destacam.

Estes últimos dias, pude constatar na cidade vizinha, a praça e as ruas limpas e com canteiros floridos e ao voltar para nossa querida Mogi Mirim, senti um choque, um verdadeiro baque. E não sou eu, apenas, um amigo me confidenciou que quando trafega pela avenida Mogi Mirim é nítida a diferença, na divisa da cidade.

E não foi só nessa cidade vizinha que vi diferença, estive em Conchal e percebi uma cidade com um cuidado impecável na limpeza e a nossa, hoje, a olhos vistos temos uma cidade sem brilho, sei que alguns problemas ocorreram com licitações, mas nada justifica, colocar nossos moradores em situação de perigo à saúde.

Em pleno 2021, pelo menos para nós, privilegiados moradores do estado mais desenvolvido do país, as questões de saneamento básico parecem estar plenamente resolvidas e em consenso sobre a relevância de cada um dos seus pilares, como manejo de resíduos, tratamento de esgoto e abastecimento de água. De forma simplificada, saneamento básico é um conjunto de serviços fundamentais para o desenvolvimento socioeconômico, mas embora pareça óbvio, com um pequeno giro pela cidade se nota que a limpeza urbana parece ser um serviço ainda carente, dentre todo esse conjunto de necessidade. 

O que se observa, nas ruas, nas calçadas, nas praças, nos terrenos, são plásticos, papéis, caixas e muita sujeira, enfim, lixo. Aqui, não me entendam mal, não estou refletindo, nesta coluna, apenas a estética, que sem dúvida está prejudicada, mas o apelo é pela saúde. O lixo jogado nas ruas favorece a proliferação de insetos, roedores, moscas, larvas e demais vetores de doenças, como a dengue – um sério problema – além da poluição de solos e águas, prejudicando a nossa saúde e o meio ambiente.

         Dias atrás, minha cachorra não parava de latir e o que encontrei? Um pequeno camundongo se escondendo, entre os vasos, onde tem um, existem outros e de onde veio? Bem, na dúvida, já providenciei venenos.

Boa Semana e fique de olho!

Compartilhe!