“Quem não se comunica, se trumbica”

A célebre frase do famoso comunicador, Chacrinha, reflete bem a necessidade de toda empresa, não importa o produto ou serviço que ela oferece, é também uma empresa de comunicação, essa frase traduz bem a importância de saber se comunicar para qualquer empresa que deseje sobreviver, neste mundo.

Já faz muito tempo que sabemos que ao se procurar a opinião sobre uma empresa ou uma determinada marca, aquela que mais transmite confiança, não é palavra do especialista, mas de uma pessoa comum. Vale lembrar que a boa propaganda é aquela que vem do “Boca a Boca”. Os influenciadores digitais são um reflexo direto disso. Quando há uma pessoa testando um produto, na nossa frente, mostrando funcionamento, defeitos e qualidades, acreditamos mais nisso que em alguns anúncios ou em algumas palavras de professores ou de especialistas, no assunto.

Pesquisa feita pela AMO Strategic Advisors, identificaram que, em média, 35,3% do valor de mercado de uma empresa é referente a sua reputação. O resultado da pesquisa justifica dizer que a empresa que investe em branding (gestão de marcas), ganha mais valor de mercado. Nossos pais já nos ensinavam que era importante honrar nossa palavra, honrar nossos compromissos. E nessa linha, a reputação de uma empresa que já era importante, agora é muito mais.

Hoje, tudo é muito rápido, quem mais lucra são os clientes. As marcas que já entenderam esse contexto, buscam se aproximar cada vez mais do consumidor e de seus influenciadores. As formas de aproximação podem ser ações de comunicação, ou uma boa conversa pelas redes, essas empresas são também agentes de mudança, promovendo transformações em nossa sociedade.

 Um exemplo é o da Magazine Luiza, que evidencia a importância de ser um agente de transformação, não só para o consumidor, mas para seus funcionários e a comunidade. Seu Marktplace se transformou em oportunidade de negócios para muitos.

Não dá mais para se fingir de empresa boazinha. Todos almejam lucrar. O consumidor é crítico e tem as redes para expor sua opinião, as marcas precisam adotar estratégias de engajamento para uma sobrevivência a longo prazo.

Pense nisso. Boa semana!

Compartilhe!